Trinta alunos da Escola Secundária de Santa Maria participaram na Academia de líderes Ubuntu, um projeto desenvolvido pelo Instituto Padre António Vieira e apoiado pela Fundação Calouste Gulbenkian, na semana de 19 a 23 de março. Um estudo recente da Comissão Europeia considerou o projeto como um exemplo de boas-práticas em toda a Europa.

Eu sou porque Tu és é a tradução literal de UBUNTU, um conceito africano que significa acolhimento, respeito, entreajuda, partilha, comunidade, cuidado, confiança, generosidade.

Criada em 2010, a Academia de Líderes Ubuntu tem vindo a desenvolver ações de educação não-formal dirigidas a jovens com perfis de liderança provenientes de contextos sociais desfavorecidos. Partindo de figuras de referência como Nelson Mandela, Ghandi, Martin Luther King, Aristides Sousa Mendes, Sang Suu Kiy ou Desmond Tutu, a finalidade dessas ações é a capacitação dos jovens para a liderança e para a promoção e consolidação de modelos de empreendedorismo e de serviço à comunidade. As dimensões primordiais de formação centram-se no autoconhecimento, na autoconfiança, na resiliência, na empatia e no serviço.

Através de metodologias e de ferramentas inovadoras, este projeto contribui para o desenvolvimento de competências dos jovens, ajudando-os a alcançar os seus desafios pessoais a afirmar-se como agentes de transformação no seio das suas comunidades.

Obrigada à Filipa, ao Marino, à Hadja e ao Flávio, monitores da Academia Ubuntu, que durante esta semana estiveram a trabalhar com os nossos alunos!