A escola secundária de Santa Maria, localizada na Portela de Sintra, tem esta designação desde 1979, em cumprimento da Portaria n.º 608/79, de 22 de novembro.
Na sua origem, no ano letivo de 1964-65, começou por ser uma secção do Liceu Nacional de Passos Manuel de Lisboa e funcionou no edifício do antigo Casino de Sintra (atual Museu de Arte Moderna); em 21 de setembro de 1969 foi inaugurada na localização atual. Teve a designação de Liceu Nacional de Sintra a partir de 1972 e funcionou, desde janeiro de 1976 até ao início da década de 90, com uma secção na Quinta dos Plátanos. Nos anos de 2008-2011 foi alvo de intervenção, no âmbito do plano de renovação do parque escolar.
O peso do 3º ciclo do ensino básico foi sendo progressivamente reduzido, tendo a escola passado a lecionar exclusivamente o ensino secundário diurno e o curso complementar noturno, a partir do ano letivo de 1990-91. Esta alteração foi possível a partir do momento em que o ensino básico se concentrou noutras escolas de Sintra.
O Ensino Secundário Recorrente por Unidades capitalizáveis funcionou nos anos letivos de 1996 a 2006; os Cursos de Educação e Formação de Adultos (EFA) – Certificação Escolar e Dupla Certificação vigoram desde o ano letivo 2007-2008; a escola constituiu-se como Centro Novas Oportunidades com vista ao reconhecimento, validação e certificação de competências (RVCC) no período entre 2008 e 2012.
O Ensino Recorrente por Módulos Capitalizáveis que funcionou entre 2004 e 2010 regressa em 20012-2013.
Neste momento, a escola serve fundamentalmente os alunos provenientes da área geográfica situada entre a freguesia de Algueirão-Mem Martins e a de São João das Lampas, sendo que a maioria reside nas freguesias da sede do concelho – Santa Maria e S. Miguel, S. Martinho e S. Pedro de Penaferrim.
A ESSM dispõe de instalações desportivas com um recinto desportivo coberto, uma sala de ginástica, um recinto desportivo descoberto e uma caixa de saltos. O conselho geral e a associação de pais e encarregados de educação partilham um gabinete de trabalho. O gabinete da direção conta uma sala de apoio e uma sala de reuniões. Os professores têm à sua disposição uma sala de trabalho precariamente equipada com equipamento informático e a cada um dos quatro departamentos curriculares está atribuído um gabinete de trabalho, sem material informático. Os diretores de turma dispõem de duas salas que se têm revelado insuficientes para atendimento de pais e encarregados de educação.
Os alunos podem usufruir de uma esplanada localizada em frente ao bar, de algumas mesas de ténis no recinto exterior; a associação de estudantes está sediada num dos cubos existentes.
A comunidade escolar pode ainda usufruir de uma papelaria/reprografia, um bar e um refeitório que fornece refeições confecionadas na cozinha da escola. 
A ESSM dispõe de uma Biblioteca e de um Auditório abertos à comunidade.